Testei a NAKED HEAT

sexta-feira, 28 de julho de 2017


A mais recente palete de sombras da Urban Decay já saiu com as cores certas para este Verão. A Naked Heat segue a linha das anteriores paletes Naked, às quais me rendi há um par de anos. Quando a primeira palete Naked saiu no mercado, eu nem ponderei comprá-la porque, para mim, não fazia sentido gastar 40€ (sim, na altura tudo era mais barato!) em sombras. Recusei-me ano após ano, vendo mais produtos da Ubran Decay serem lançados e por mais apetitosos que fossem, eu nem tocava nos seus testers da Sephora. Acho que no fundo eu sabia que se testasse um produto, ia gostar demasiado dele.
Foi assim até sair a Naked 3. Os tons rosegold e as constantes recomendações por parte das maquilhadoras que conheço fizeram-me dar o pulo para a maquilhagem high end. E aviso-vos já - once you go Naked you never go back.

Quando comecei a trabalhar guardei logo dinheiro para comprar a minha querida Naked 3 que, até aos dias de hoje, é a minha favorita! Nunca comprei as versões anteriores por achar que não condiziam tão bem com a minha pele como a Naked 3 mas este Verão encontrei a primeira concorrente de peso: a Naked Heat. 


Foi no evento organizado pela Urban Decay que pude testá-la em primeira mão. Após algumas dicas de maquilhagem - em que aprendi a esfumar os olhos com um cotonete, um truque que mudou completamente a minha vida! - por profissionais da área, deram-nos liberdade para criarmos o nosso próprio look com a Naked Heat e outros produtos da marca.

Após terminado a minha maquilhagem, segui para a sessão fotográfica com o Gonçalo Claro, entre outras coisas é também reconhecido pela famosa capa de orgulho gay da revista Cristina.
Este foi o resultado final.

Vestido H&M // Chapéu: Xica Esperta // Makeup look: Urban Decay

Conclusões:
- Não usei primer de sombras e o eye look aguentou-se a tarde toda ao sol sob 38ºC.
- A palete é muito versátil, várias bloggers com diferentes tons de pele e estilo conseguiram facilmente adaptar-se às cores que ela oferece.
- A embalagem é um mimo, tal como seria de esperar. Resistente e muito bonita.
- Apesar da palete ter cores bronzes maravilhosas, senti falta de um tom claro, forte para iluminar o canto interno dos olhos. Usei a Naked Skin para esse efeito.
- As sombras não saíram do sítio até à noite, não se derreteram com o calor nem se acumularam no côncavo, ou como quem diz, na "dobra" da pálpebra.
- Usei um blush rosa bordot (espreitem a colagem em baixo) MUITO pigmentado, quase que destruí o look mas consegui fundi-lo com o bronzeador e acabei até por ganhar um ar mais coradinho.
- No final usei um fixador, o famoso All Nighter que nesse dia me soube como uma lufada de ar fresco por estar tanto calor.





Sem comentários

Enviar um comentário

Vídeos

ACOMPANHA-ME NO YOUTUBE