domingo, 22 de abril de 2018
Os sabores da Avenida

Os sabores da Avenida

Na semana passada aceitei um convite muito especial para visitar a Avenida do chef Olivier.
Situado na Avenida da Liberdade junto ao Tivoli, é um local tranquilo e reservado, especialmente para quem procura um espaço requintado e calmo.


Logo á entrada notam-se as paredes altas, decoradas ao pormenor. O bar iluminado e as suas cadeiras altas rodeadas por focos de luz vindos do chão. Dentro do restaurante há várias mesas e sofás aveludados. Os lugares são espaçosos e confortáveis. Não falta luz, todas as zonas estão decoradas com chandeliers, o que me agradou muito na hora de usar a minha máquina fotográfica e documentar tudo para vocês. Comecei por escolher uma bebida, a recomendada Cinderela, uma mistura de frutos vermelhos e cítricos com um travo a canela, sem álcool. Para o César, um Mojito Virgin.



Numa quinta-feira podem encontrar, no menu de almoço, dois pratos bem distintos: secretos de porco grelhados com arroz de cogumelos e/ou ervilhas com ovo escalfado. 

Na dúvida, pedi algumas sugestões que me foram sempre fornecidas com prontidão e simpatia por parte do staff.
Comecei pelas entradas: duas Empadinhas da Dona Luzia, que bateram todas as que tinha comido até então. Crocantes e suculentas, tal como os secretos de porco que vieram a seguir.


 

Acompanhados do arroz de cogumelos e salada, os secretos de porco são de chorar por mais. Servidos numa tábua de madeira onde podemos ver reluzir a gordura da carne, que tem tanto de suculenta como de crocante, os secretos deram e sobraram para os dois. Tempero ao lado, servido numa taça - é um molho frutoso e picante que contrasta com o sabor da carne grelhada.





Passamos á sobremesa, apesar de cheios, com vontade de provar o Crème brûlée de baunilha bourbon. Dividimos pelos dois o doce, coberto com uma camada crocante de açúcar que quebrámos com as nossas colheres. O morango não serviu de decoração, mas sim para equilibrar tanta doçura.

Saímos satisfeitos, com vontade de regressar para provar os pratos de cada dia da semana. Claro que relatei cada pitada pelos meus insta stories, e deixei as cinco estrelas recomendadas no zomato. Já me seguem por lá?





domingo, 1 de abril de 2018
A EXPERIÊNCIA SENSORIAL DA STENDERS

A EXPERIÊNCIA SENSORIAL DA STENDERS

Quem passa no Cascais Shopping certamente já viu a loja da Stenders. Talvez tenha sido o tecto coberto de flores que vos chamou a atenção ou o forte aroma das plantas que se sente quando passamos por ela. Não vendem flores, mas produtos de banho, cuidados de corpo e cabelo. Independentemente da razão, tenho a certeza que ela não vos passou despercebida.


A Stenders foi criada por um casal que quis partilhar connosco a sua experiência nórdica do encanto dos pequenos prazeres. Acreditam que por detrás de cada produto estão sensações e que cada um deles deve reflectir uma experiência sensorial única.


Fiz uma visita guiada pela loja para ficar a conhecer alguns dos seus best sellers e novidades.
Vamos falar das embalagens: tradicionais, linhas simples e clássicas. São práticas e bonitas - a minha combinação favorita!



Vão encontrar fragrâncias para todos os gostos. Seria de pensar que os produtos teriam todos um cheirinho floral e ainda que muitos deles tenham, vão encontrar também linhas de aromas frescos, cítricos e doces. Eu pessoalmente sou mais fã do doce para o Inverno e fresco para o Verão, e digo-vos, fiquei muito surpreendida pela variedade de opções que oferecem.


Não há nada como experimentar antes de escolher e por isso mesmo a loja disponibiliza testers, lavatórios e a ajuda das suas experts para testarmos os produtos.
Experimentei as várias texturas de esfoliantes e produtos de banho. Alguns são mais cremosos, outros parecem-se com geleia. São apetitosos á vista e mimosos para a pele. Mas o meu produto favorito é mesmo o shower soufflé. Tem uma textura aveludada, macia, e desliza como creme. Ao primeiro toque, é tão fofo como o seu nome indica mas entrando em contacto com a água, derrete-se criando pequenas bolhinhas ao lavarmos a pele.




No final, tentei escolher uma gama favorita e optei pela groselha negra. Doce mas suave. Foi difícil optar entre ela e a de arando, pois tem um aroma que encaixa igualmente bem nos meus padrões.
Em relação aos aromas florais, não são de todo a minha praia. Mas se são a vossa tenho a certeza que vão adorar a gama de rosas.
Para finalizar, o embrulho. Já tinham visto algo assim?
Com flores verdadeiras, plantas secas e canela, os vossos produtos vão para casa como um verdadeiro bouquet.



Vídeos

ACOMPANHA-ME NO YOUTUBE